Enem

publicidade
22 de outubro de 2011 • 15h54

O Enem ficou mais difícil, diz estudante após prova em Brasília

Fiscais de prova fecham portão de escola na Asa Norte, em Brasília, local de prova de 1.160 estudantes
Foto: Luciana Cobucci / Terra
Luciana Cobucci
Direto de Brasília

A estudante Andreza Araújo, 19 anos, foi uma das primeiras a deixar uma escola particular na Asa Norte, em Brasília, um dos 176 locais de provas do Exame Nacional do ensino Médio (Enem) no Distrito Federal. Andreza saiu às 15h, assim que os portões foram abertos, e elogiou a prova. "O Enem está ficando mais difícil", disse a estudante, que quer cursar publicidade.

Veja como será a seleção nas principais universidades públicas
Acompanhe no Terra a correção online das provas
Da prova que vazou ao endereço errado, veja as falhas do Exame
Enem 2010: veja onde estão as 50 melhores e as 50 piores escolas

Entretanto, a opinião dos primeiros candidatos a deixarem a escola era de que a prova estava cansativa. "Eram quatro páginas para duas questões e textos 'gigantes' antes de cada questão", opinou Andreza.

O estudante Daniel Mendes, 18 anos, concordou com a garota. "A prova foi interessante, mas havia um texto enorme antes de cada questão, o que deixou a prova bem cansativa", afirmou. Daniel considerou que a parte mais fácil da prova era a de conhecimentos gerais, mas confessa ter "empacado" nas questões de física e química. Neste sábado, os alunos responderam perguntas de Ciências Humanas e da Natureza. Já no domingo, a prova será de Matemática e Língua Portuguesa, além da redação.

Já para Bruno Santos, 19 anos, as questões mais fáceis foram justamente as de química e física. O estudante pretende cursar Desenho Industrial ou Farmácia. Os candidatos consideraram que a prova foi ¿tranquila¿, e não houve relatos de problemas como os do ano passado ¿ erros nos cartões de resposta ou questões que precisassem ser explicadas. Para evitar os problemas de 2010, o Ministério da Educação não divulgou os locais onde as provas seriam aplicadas.

No Distrito Federal, cerca de 75 mil estudantes se inscreveram para prestar o Enem, cuja nota é aceita pela Universidade de Brasília (UnB), a mais concorrida da capital. Universidades particulares consideradas disputadas também levam a nota em consideração.

Recorde de inscritos
Mais de 5 milhões de candidatos deverão comparecer neste fim de semana às 150 mil salas de prova para participar da maior edição do Enem desde a sua criação, em 1998. As provas terão início às 13h (horário de Brasília). No sábado, os candidatos responderão a questões de Ciências Humanas e da Natureza. Já no domingo, de Matemática e Língua Portuguesa, além da redação.

A partir do resultado da prova do Enem, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de todo o País. A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados em uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os benefícios são distribuídos a partir do desempenho do candidato no exame e podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família. Para participar do programa é preciso ter cursado todo o Ensino Médio na rede pública.

Em 2012 a prova terá duas edições, uma no primeiro semestre e outra no segundo. A primeira edição do ano que vem já está confirmada para os dias 28 e 29 de abril. A data da segunda edição ainda não foi definida em função das eleições municipais, que ocorrerão em outubro, mês de aplicação do Enem 2011.

Correção online
O Terra, com os professores do Sistema COC de Ensino, fará a correção online das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que serão aplicadas em 1.599 municípios brasileiros. A correção poderá ser acompanhada, questão por questão, pela internet no sábado e no domingo.

Terra