publicidade
15 de agosto de 2011 • 08h52 • atualizado em 24 de Agosto de 2011 às 09h56

Entrar na universidade ou concluir o ensino? veja funções do Enem

Entrar na universidade ou concluir o ensino Médio? veja funções do Enem Enem recebe candidatos de todas idades

Jovens ou adultos já formados optaram por universidades que usam a prova como porta de entrada em vez do tradicional vestibular
Foto: Getty Images
 

Nem todas as pessoas que irão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recém saíram do colégio ou estão em vias de completá-lo. Apesar do nome remeter a estudantes que estão na fase final da sua educação básica, qualquer pessoa, independente de idade, pode prestar o Enem, seja para ingressar em uma universidade, concluir o Ensino Médio ou mesmo testar seus conhecimentos.

Vestibular ou Enem: veja como será a seleção nas universidades

Com a recente popularização do exame, muitos jovens ou adultos já formados no Ensino Médio há mais tempo optaram por universidades que usam a prova como porta de entrada em vez do tradicional vestibular. Atualmente 83 instituições públicas utilizam o Enem como processo seletivo, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Romolo Disconzi, 28 anos, está completando o curso de Administração na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e vai prestar a prova do Enem para tentar uma vaga em uma nova graduação. "A Fundação (Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre) tem o Enem como único processo seletivo. Como quero cursar Biomedicina lá, terei de fazer o exame", diz Romolo, que concluiu o Ensino Médio há mais de 10 anos.

Além da possibilidade de ingresso na universidade, a prova do Enem tem outra vantagem para quem já está longe do colégio: suas questões envolvem mais o raciocínio lógico e assuntos relacionados ao cotidiano. "O vestibular clássico apresenta questões mais difíceis, que demandam mais tempo para a execução e requerem um pouco de decoreba", completa Romolo.

O exame também permite ao candidato obter uma certificação de conclusão do Ensino Médio. Nesse caso, é necessário ter idade mínima de 18 anos na data de realização da primeira prova do exame. A partir deste ano, não é mais requerida a conclusão do Ensino Fundamental para aplicar-se. Para conquistar o certificado, a pontuação mínima exigida é de 400 pontos em cada área da prova objetiva e 500 pontos na redação.

Já encerradas para esta edição, as inscrições para o Enem são feitas exclusivamente pelo site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP). Todos podem se inscrever, os únicos pré-requisitos são o fornecimento do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o número de identidade (RG).

As provas, neste ano, ocorrerão nos dias 22 e 23 de outubro, a partir das 13h. No primeiro dia, serão realizadas as provas de Ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo, serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias. As provas terão cinco horas e meia de duração. O candidato só poderá deixar a sala após duas horas de avaliação.

Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra