Enem

publicidade
03 de novembro de 2012 • 14h45 • atualizado às 18h52

Enem: 37 foram eliminados por divulgar fotos do cartão de resposta

Enem: 37 foram eliminados por divulgar fotos do cartão de resposta

Imagem publicada na rede social Instagram mostra o cartão de respostas do Enem
Foto: Reprodução
 

O Ministério da Educação (MEC) confirmou por volta das 18h deste sábado que eliminou 37 candidatos que entraram com celulares nos locais de prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). De acordo com o órgão, eles foram retirados das salas por fotografar os cartões das provas e postar em páginas de redes sociais. O vazamento ocorreu nos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Espírito Santo e Paraná.

Vestibular ou Enem: veja como será a seleção nas universidades do País
Simulado: teste seus conhecimentos e veja se está preparado para o Enem

P>De acordo com o Intituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão responsável pelo Enem, o uso de celular é proibido nos locais de prova. Quem estiver com o aparelho, deve colocá-lo em um envelope lacrado, embaixo da carteira.

Apesar dos registros, o governo federal avaliou que a primeira prova do Enem 2012 transcorreu dentro da normalidade. "Toda a operação de logística ocorreu conforme o planejamento", diz o comunicado divulgado no final da tarde de hoje.

Uma equipe de 15 funcionários, cada um com seu monitor, acompanhou as postagens nas redes sociais durante a aplicação do Enem hoje e dará continuidade ao trabalho amanhã. Segundo a assessoria do Inep, a Polícia Federal (PF) mantém uma equipe de plantão que trabalha junto com o instituto.

O foco são as mensagens publicadas no Twitter e no Facebook, que possam comprometer o exame. Pela manhã, uma postagem com informação falsa sobre o cancelamento do Enem chegou a ser publicada. A PF e o Ministério da Educação identificaram o autor.

A logística do exame também é monitorada. Por meio de videoconferência, o Inep mantém contato com os Correios, responsável pela distribuição das provas, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) e a Cesgranrio ¿ entidades que fazem parte do consórcio aplicador da avaliação.

Em todo o país, mais de 5,7 milhões de estudantes se inscreveram para o Enem. O exame é aplicado em 15.076 locais de prova distribuídos em 1.615 municípios em todas as regiões do país.

As provas do primeiro dia do Enem - de ciências humanas e ciências da natureza - foram encerradas às 17h30 deste sábado (horário de Brasília). Foram quatro horas e meia para responder 90 questões objetivas.

Enem
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 pelo governo federal com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. A partir de 2009, o teste passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para ingresso no ensino superior.

Neste ano, as provas começaram a ser aplicadas neste sábado em todo o País. Neste primeiro dia, o candidato resolveu questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No domingo, serão realizados os testes de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, e Redação, com duração de 5 horas e 30 minutos, contadas a partir da autorização. O Terra, em parceria com os professores do Sistema COC de Ensino, fará a correção comentada das provas nos dois dias.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, recomenda que todos os candidatos compareçam ao local de realização das provas até as 12h (de Brasília). O participante só poderá levar o caderno de questões ao deixar em definitivo a sala nos últimos 30 minutos.

O gabarito do Enem tem divulgação prevista para 7 de novembro e os resultados, para 28 de dezembro.

vc repórter
Fez o Enem 2012? Envie fotos, vídeos ou texto contando como foi, se deu tudo certo ou se ocorreu algum problema.

Ranking:
Veja onde estão as 50 melhores e as 50 piores escolas do Enem 2010
As falhas do Enem:
Em 2011, de novo, exame não passou no teste. Confira o que deu errado

Confira o que está sendo dito sobre o Enem no Twitter:


Com informações da Agência Brasil.

Terra