Educação

publicidade
09 de agosto de 2013 • 08h40 • atualizado às 15h47

Cursos técnicos do Sisutec atraem mais de 217 mil candidatos

Sisu de cursos técnicos oferece 239,7 mil vagas gratuitas; inscrições vão até o dia 12 de agosto

 

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) atingiu um total de 217.822 candidatos inscritos até as 19h de quinta-feira. Como cada candidato pode fazer duas opções, o sistema recebeu 418.167 inscrições. A seleção será feita com base na nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012.

São oferecidos 117 cursos em diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas. Cada participante poderá se inscrever em até dois cursos técnicos. As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet. 

O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado no dia 14 próximo. A matrícula deve ser feita nos dias 15 e 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia seguinte. O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

Infográfico: Enem ou vestibular?

Saiba como é o processo de seleção nas principais universidades públicas brasileiras

Infográfico: Ranking Enem

Veja quais são e onde estão as 50 melhores e as 50 piores escolas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Informações do portal de notícias do MEC Terra Terra