Chamadas para o programa de bolsas Ciência sem Fronteiras seguem até o dia 19

16 jul 2013
14h58

O programa do governo Ciências sem Fronteiras, que concede bolsas de estudo para estudantes que queiram fazer intercâmbio no exterior, segue com inscrições abertas para as chamadas para graduação sanduíche em Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Finlândia e Reino Unido até a próxima sexta-feira, dia 19 de julho.

A chamada para graduação sanduíche na Nova Zelândia fica aberta até o próximo dia 26 e a seleção para outros países, como Áustria, Irlanda e Suécia, deve ser aberta em breve.

Para se candidatar às bolsas de graduação sanduíche, o estudante precisa preencher o formulário de inscrição no site do programa (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/) e deve ter alcançado a nota mínima de 600 no ENEM, além de ter realizado o teste depois de 2009.

Em alguns casos, a aceitação prévia da universidade no exterior é pré-requisito para a solicitação da bolsa de estudos e pode ser obtida via contato do candidato com a instituição ou através dos parceiros do Ciência sem Fronteiras no país.

O programa, iniciativa dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), oferece oportunidade de intercâmbio para graduação, doutorado e pós-doutorado em diversos cursos, mas principalmente para estudantes e pesquisadores das áreas de engenharia, biologia e tecnologias da informação.

O CsF busca consolidar e expandir a ciência, a tecnologia e a competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional e prevê a utilização de 101 mil bolsas em quatro anos, sendo que 75 mil deverão ser financiadas com recursos do governo federal e as outras 26 mil, concedidas com recursos da iniciativa privada, segundo o site do programa.

EFE   
publicidade