Alunos que perderam o Enade culpam faculdades, diz jornal

10 dez 2012
09h09
atualizado às 09h17

Alunos que perderam o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) culpam as faculdades por falta de instruções para a realização da prova e, por isso, acabaram não recebendo os diplomas de conclusão de curso. Recentemente, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o Índice Geral de Cursos (IGC) de 2.136 universidades, faculdades e centros universitários, que serve como termômetro da qualidade do ensino superior no País. Mais da metade desse indicador é construído com base no desempenho dos alunos de graduação no Enade, que deve ser feito por todos os formandos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com o consultor jurídico da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes), Gustavo Fagundes, a inscrição dos estudantes na prova é uma responsabilidade das faculdades, mas algumas não o fazem por má-fé. Os cursos avaliados mudam a cada ano e o estudante que não faz a prova no período correto não pode pegar o certificado de conclusão da graduação. Foram apurados problemas em pelo menos sete instituições. A Justiça já decidiu a favor de alunos com a mesma reclamação. O advogado Sérgio Valente venceu três casos contra instituições de ensino, apontando principalmente a falta de comunicação entre elas e os inscritos no exame. "O aluno não pode cumprir uma obrigação que ele não sabia que era dele. Ele tem de ser avisado", afirma.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade