0

Descartada suspeita de gripe suína em berçário de SP

24 jun 2009
14h30
atualizado às 16h21

A assessoria de imprensa da Natura confirmou nesta quarta-feira que foi afastada a suspeita de contaminação pelo vírus da gripe Influenza A (H1N1), da gripe suína, na criança que frequentava o berçário mantido pela empresa na unidade de Cajamar, na Grande São Paulo. Por conta da suspeita, as crianças da mesma classe do caso suspeito haviam sido dispensadas ontem e poderão retornar ao espaço na quinta-feira.

Passageira desembarca no Aeroporto de Guarulhos usando máscara após viagem ao Chile
Passageira desembarca no Aeroporto de Guarulhos usando máscara após viagem ao Chile
Foto: Vagner Campos / Futura Press

» Berçário em SP suspende atendimento por suspeita de nova gripe
» Navio da Transpetro é liberado após caso de gripe suína
» Ministério anuncia 94 novos casos de gripe; total vai a 334
» RS confirma novo caso; jovem está na UTI

Na sede de Cajamar, dois casos da doença já foram confirmados. Uma das pessoas foi medicada e curada, e a outra está bem, mas permanece em casa sob cuidados médicos. Segundo a empresa, há ainda outros três casos suspeitos da doença. Os funcionários aguardam em casa os resultados dos exames.

Para evitar a proliferação da gripe, os colaboradores que trabalham na mesma área que as pessoas contaminadas receberam a orientação de permanecer em casa por um período e de procurar orientação médica caso apresentem os sintomas da doença. A Natura informou que está em contato direto com o Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo (CVE) para tomar os procedimentos adequados.

Fonte: Redação Terra
publicidade