1 evento ao vivo

Notícias

Coca-Cola e Papai-Noel; saiba como a lenda se tornou símbolo

Coca-Cola / Divulgação
23 dez 2014
08h28
atualizado às 08h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Um idoso de boa aparência com vestes e gorro vermelhos, botas, uma imensa barba branca e um saco de presentes nas costas. Não tem como ver a descrição sem pensar imediatamente no Papai Noel. Um dos símbolos mais representativos do Natal, o “bom velhinho” como conhecemos atualmente, tem ligação direta com a Coca-Cola – apesar de não ter sido criado pela empresa.

A imagem do personagem natalino foi fixada e difundida para o mundo na segunda metade do século 19 pelo ilustrador e cartunista americano Thomas Nast. O Papai Noel de Nast foi fonte inspiradora de uma avassaladora campanha da Coca-Cola nos anos 1930, transformando o “bom velhinho” em um dos maiores símbolos do Natal.

Veja curiosidades sobre este personagem que encanta crianças ao redor do mundo:

São Nicolau
A figura do velhinho bondoso teria sido inspirada em São Nicolau, arcebispo de Mira, Na Turquia, no século 4. Nicolau costumava ajudar quem estava em dificuldades financeiras e colocava um saco com moedas de ouro na chaminé das casas. Com milagres atribuídos a ele, foi declarado santo.

Apesar da inspiração, a imagem do Papai Noel não tem nada a ver com São Nicolau, que era retratado apenas com as vestes dos bispos.

Moradia do bom velhinho
Apesar da discussão sobre o local onde reside - a versão mais difundida é a de que seja na Lapônia, Finlândia -, é consenso que o Papai Noel mora numa terra de neve eterna juntamente com sua esposa, a Mamãe Noel, elfos mágicos, duendes e as renas, que levam seu trenó na noite de 24 de dezembro. 

Presentes para as crianças que se comportaram
O Papai Noel leva presentes de Natal para as crianças, mas com uma condição que não pode ser quebrada: elas têm de se comportar durante o ano. A lenda diz que as crianças são monitoradas por alguns duendes durante o ano todo. Com a aproximação do Natal, os ajudantes do Papai Noel fazem uma lista com nomes das crianças boas.

A lenda e a publicidade
Apesar da forte ligação do Papai Noel com a Coca-Cola, a marca de refrigerantes não foi a primeira empresa a utilizar o visual moderno do Papai Noel numa campanha publicitária.

Em 1915, a empresa de água mineral White Rock Beverages utilizou o senhor barbudo em peças publicitárias – tornando a utilizar o anúncio em 1923.

Coca-Cola e o “boom” do Papai Noel
A Coca-Cola afirma que iniciou campanhas publicitárias no Natal em 1920, mas ainda sem a imagem do bom velhinho. O primeiro anúncio da empresa utilizando o Papai Noel foi em 1931, quando a empresa começou a mostra-lo tomando uma garrafa de Coca-Cola na casa das crianças bondosas.

Imagem moldada pela empresa
A marca queria criar uma imagem de Papai Noel saudável e amigável e, para isso, contratou uma empresa de publicidade para desenvolver imagens do Papai Noel, inspirando-se na animação de Thomas Nast.

O pedido da empresa foi atendido e assim surgiu o Papai Noel caloroso, amigável, agradavelmente gordo e humano, pintado pelo artista Haddon Sundblom. Contudo, engana-se quem pensa que a cor vermelha das vestes é criação da marca. Segundo a Coca-Cola, o Papai Noel já tinha essa cor antes mesmo das primeiras campanhas publicitárias da empresa.

Brinquedos, cartas e Coca-Cola
De 1931 a 1964, a Coca-Cola veiculou a imagem do Papai Noel em revistas, jornais, painéis e cartazes nos Estados Unidos. As publicidades sempre retratavam o bom velhinho entregando presentes e fazendo uma pausa para ler as cartinhas das crianças e tomar uma Coca-Cola.

Papai Noel divorciado?
Tornando-se um forte símbolo da Coca-Cola no Natal, a figura do Papai Noel foi sendo adaptada todos os anos, trazendo algumas mudanças. Uma das que chamou a atenção, segundo a marca, foi quando o largo cinto foi invertido, mas o maior destaque foi quando Sundblom pintou um Papai Noel sem aliança de casamento.

De acordo com a Coca-Cola, a empresa recebeu inúmeras cartas perguntando se o bom velhinho havia se divorciado ou o que aconteceu com a Mamãe Noel.

Animação do Papai Noel
A primeira animação que a Coca-Cola fez do Papai Noel foi em 2001. O anúncio foi criado pelo premiado Alexandre Petrov, que se baseou na imagem criada por Sundblom em 1963.

Faça alguém feliz
Na publicidade de 2014, a Coca-Cola mostra o Papai Noel abrindo um álbum no qual ele vê muitas pessoas fazendo outras felizes. O vídeo termina com o bom velhinho deixando o recado: “neste Natal, faça alguém feliz”.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade