1 evento ao vivo

WWF pede que Lula atue pelo sucesso de reunião da ONU

24 out 2009
16h32
atualizado às 16h44
  • separator
  • comentários

A ONG Fundo Mundial para a Natureza (WWF) no Brasil pediu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que atue para impedir um fracasso da cúpula da ONU sobre mudança climática, programada para dezembro em Copenhague.

Em carta dirigida a Lula e divulgada hoje em seu site, a WWF-Brasil afirma que o acordo climático "está em risco" por "declarações de grandes líderes mundiais", entre eles da União Europeia (UE) e dos Estados Unidos.

Segundo a WWF-Brasil, essas declarações "sugerem que em Copenhague se discuta o futuro da humanidade de forma meramente voluntária", o que abre a possibilidade de que não se chegue a acordos firmes para reduzir as emissões de gases poluentes.

Nesse sentido, a organização ambientalista pede que, com urgência, o Governo Lula atue junto com os demais líderes do mundo "para um esforço global pelo único resultado aceitável em Copenhague", que é "um acordo ambicioso, justo e com forma de lei".

Na carta, a secretária-geral da WWF-Brasil, Denise Hamú, assinala que a organização considera "o apoio do presidente Lula, como líder global, fundamental para que o acordo de clima não se restrinja a uma carta de boas intenções".

Segundo a WWF-Brasil, "um fracasso em Copenhague representará um alto risco de instabilidade, que envolverá custos sociais, ambientais e econômicos para todos os países".

A cúpula sobre mudança climática, que será realizada entre os dias 7 e 18 de dezembro próximos, foi convocada pela ONU com a esperança de que seus 192 países-membros cheguem a um acordo que substitua o Protocolo de Kioto, que expirará em 2012.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade