4 eventos ao vivo

Velejador português diz ter encontrado pirâmide submersa nos Açores

Pirâmide com 60 metros de altura teria base maior que um estádio de futebol

25 set 2013
14h30
atualizado às 15h29
  • separator
  • comentários

Um velejador português afirma ter descoberto uma pirâmide com 60 metros de altura e 8 mil metros quadrados de base submersa no arquipélago dos Açores, no Oceano Atlântico. Diocleciano Silva, que é formado em medicina veterinária, acredita que a estrutura pode representar vestígios da lendária Atlântida. O Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, no entanto, relativiza a descoberta. As informações são do portal RTP Notícias e do Diário de Notícias.

<p>Português acredita que descobriu uma pirâmide submersa nos Açores</p>
Português acredita que descobriu uma pirâmide submersa nos Açores
Foto: RTP Notícias / Reprodução

"É impressionante devido às formas. É uma pirâmide perfeita. E ainda por cima, a orientação, a implantação da pirâmide: os vértices estão orientados ( a ) norte e sul, precisamente norte e sul, como as pirâmides de Gizé ( Quéops, Quéfren e Miquerinos, no Egito )", afirmou o velejador.

A descoberta teria sido feita há cinco meses, quando o velejador tentava encontrar zonas de pesca na região. Por meio de leitura batimétrica de navegação, o português disse ter localizado a pirâmide, cuja ponta estaria a cerca de 40 metros de profundidade e a base ocuparia uma área maior que um estádio de futebol.

Pela precisão das linhas, o autor da descoberta não acredita que a pirâmide seja de origem natural e imagina que ela representa indícios de Atlântida. As coordenadas da suposta pirâmide foram entregues às autoridades locais na esperança de que o mistério seja desvendado.

Arqueólogos descobrem pirâmide e 30 sepulturas pré-hispânicas no México

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade