Ciência

publicidade
09 de dezembro de 2011 • 14h18 • atualizado às 14h36

Último eclipse lunar total de 2011 ocorre no sábado

A foto de arquivo - de 16 de junho de 2011 - mostra um eclipse lunar total, visto de Manila, Filipinas, antes do amanhecer
Foto: AP
 

O último eclipse lunar total do ano ocorre no sábado e poderá ser visto desde a zona oeste dos Estados Unidos até a Europa Oriental, informou a Nasa (agência espacial americana). O próximo fenômeno deste tipo deverá demorar três anos para ocorrer novamente.

Entenda como ocorre o eclipse lunar

Quem quiser acompanhar o fenômeno terá que estar pronto antes do amanhecer, já que o eclipse começará por volta das 04h45 da manhã no horário do Pacífico (10h45 de Brasília). Quase duas horas mais tarde a Lua ficará totalmente coberta por uma luz avermelhada, um efeito que não voltará a acontecer até 2014 e que será visível do lado do Pacífico dos EUA, através do Oceano Pacífico e Ásia, e no leste da Europa.

O eclipse total da lua acontece quando o sol, a Terra e a própria lua se alinham. O avermelhamento da Lua terá diferentes ciclos ao longo do fenômeno: "penumbra" é a primeira etapa, quando a Lua começa a se ocultar após uma leve sombra produzida pela Terra. O segundo ciclo se chama "umbra" e corresponde ao momento em que já não há iluminação direta do Sol. Depois começa a fase da "totalidade", quando a Lua está completamente coberta pela sombra da Terra e adquire uma cor vermelha intensa.

Com informações das agências internacionais.

Terra Terra