1 evento ao vivo

ONU cogita utilizar nanotecnologia no tratamento da água

Método possibilita manipular átomos e moléculas ao reduzi-los até ao nível desejado

1 jun 2013
11h29
  • separator
  • comentários

A Organização das Nações Unidas (ONU) estuda explorar o potencial da nanotecnologia (tecnologia utilizada em partículas de tamanho microscópico) para purificar e tratar águas residuais, de acordo com informações da Rádio ONU publicadas neste sábado. O método possibilita manipular átomos e moléculas ao reduzi-los até ao nível desejado, o que criaria novas formas de utilização a baixo custo.

O projeto busca cumprir um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que prevê acesso à água potável e ao saneamento básico, como bandeira do desenvolvimento sustentável. A tecnologia é vista como uma solução sustentável e inovadora para alcançar as metas da organização.

Especialistas reunidos na capital da Eslováquia, Bratislava, apresentaram resultados de várias investigações sobre as possíveis aplicações da nanotecnologia na água, conforme a rádio. Os estudos incluíam a remoção de bactérias e de outros poluentes. Além disso, foi discutida a maior reutilização de águas residuais, a dessalinização e a prática da agricultura intensiva com menos água.

Os peritos alertaram que é preciso que haja uma abordagem equilibrada para aplicar a nanotecnologia na água, que pode ter riscos apontados à toxicologia e os impactos sobre o meio ambiente. Além disso, foram questionadas as questões éticas, devido às incertezas relacionadas aos riscos ambientais e de saúde.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade