5 eventos ao vivo

Começa na segunda nova rodada de negociação sobre Rio+20

20 abr 2012
11h32

Começa nesta segunda-feira a segunda rodada oficial de negociações entre governos para definir o rascunho zero, documento com as propostas que serão discutidas na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Os países buscam chegar a um consenso sobre os temas prioritários do encontro.


Segundo o secretário-executivo da Comissão Nacional para a Conferência, embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado, o texto deve passar por alterações ao longo das próximas semanas. A dois meses da Rio+20, o documento está recebendo contribuições dos grupos de negociação dos países envolvidos.


O estímulo à economia verde e a necessidade de se criar um organismo forte para questões ambientais é consenso entre os países. Mas ainda faltam acordos para definir como esses temas vão virar propostas concretas.


Um dos que participaram do Fórum Global na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada há 20 anos, Liszt Vieira, diz não ter grandes expectativas para a Rio+20. Ele lembra que a Rio 92 resultou em convenções que foram aprovadas pelos governos, como as que tratam de clima e um plano de ação conhecido como Agenda 21. Para ele, a Rio+20, não terminará com medidas que obriguem os países a executar metas e propostas concretas. "Vai ser um balanço dos últimos 20 anos, com algumas recomendações", afirma.


Vieira diz ainda que, desde a Rio 92, a ONU promoveu conferências anuais do clima e da biodiversidade que aprofundaram o debate, mas nunca dialogaram entre si. "Se nestes 20 anos não foi possível alcançar acordos nessas conferências das partes, dificilmente vai ser alcançado um acordo na Rio+20, que é mais abrangente."


Para Vieira, o avanço que a Rio+20 pode trazer é no que diz respeito à uma governança ambiental que resulte no fortalecimento do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) ou na criação de uma nova agência global.


Fonte: DiárioNet DiárioNet
publicidade