2 eventos ao vivo

Bolsa de Valores Socioambientais foca em objetivos da ONU

28 mar 2012
19h01
Sabrina Bevilacqua
Direto de São Paulo

A BM&FBovespa acaba de ampliar o foco da Bolsa de Valores Socioambientais para a contemplar projetos que cumpram com os oito objetivos de desenvolvimento do milênio estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). A BVSA funciona como uma bolsa de valores que capta recursos financeiros para projetos de ONGs de todo o Brasil.


Até 2011, as categorias eram restritas às esferas ambiental e social. A partir deste ano, a BVSA quer estimular oito temas: erradicação da fome e extrema pobreza, ensino básico universal, igualdade de gênero e autonomia das mulheres, redução da mortalidade infantil, saúde materna, combate ao vírus da Aids, malária e outras doenças, sustentabilidade ambiental e estabelecimento de uma parceria mundial para o desenvolvimento. Outra novidade é a captação de recursos pelo novo site www.bvsa.org.br. Empresas e pessoas físicas podem fazer doações a partir de R$ 20 para qualquer um dos 16 projetos que já foram selecionados.


Segundo o diretor-presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, tudo o que for arrecadado vai direto para as organizações. Além disso, é possível acompanhar diariamente a atualização de quanto cada projeto está recebendo e os resultados das ações. "Produzimos relatórios como um feedback para o investidor", diz.


Ele destaca a importância da contribuição privada para o desenvolvimento socioambiental do País. "O governo brasileiro não consegue resolver tudo sozinho. Precisa da iniciativa privada", afirma.


A cantora Daniela Mercury, nomeada madrinha da BVSA, diz que o principal objetivo desse projeto é transformar o País por meio de ações. "Estamos investindo em gente, em crianças, no País de maneira concreta e profissional." Para ela, as transformações sociais que projetos sérios podem provocar são muito maiores do que os resultados imediatos mostram, "são uma semente que atinge toda a comunidade".


Fonte: DiárioNet DiárioNet
publicidade