0

Seis milhões de voluntários participam de mutirão global de limpeza

11 jan 2013
18h25
atualizado às 19h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mais de 6 milhões de voluntários de 96 países coletaram uma quantidade sem precedentes de 100 mil t de lixo no ano passado como parte de uma campanha global de limpeza, organizada pela internet, informaram ciber-ambientalistas esta sexta-feira. "No ano passado a quantidade mais impressionante de voluntários participou da limpeza em Suécia, Bulgária e Eslovênia", disse à AFP Tiina Urm, porta-voz da campanha World Cleanup de 2012.

Cerca de 700 mil suecos, 322 mil búlgaros e 265 mil eslovenos se lançaram a limpar o lixo, frequentemente descartado ilegalmente, localizado com um software especial que utiliza o Google Maps. "Nos últimos cinco anos, 7 milhões de voluntários se engajaram em ações de limpeza", disse Urm.

A campanha "Let's do it!" (Vamos fazer) começou em 2008 na Estônia, onde organizadores criaram um software especial para mapear e fotografar 10 mil lixões ilegais em todo o país, que tem 1,3 milhão de habitantes. No que se revelou um sucesso inesperado, mais de 50 mil voluntários coletaram 10 mil toneladas de lixo ilegal retirado de beira de estradas, florestas e cidades em apenas cinco horas.

Incentivadores da campanha de limpeza afirmam que o mundo mergulha em 100 milhões de t de lixo ilegalmente descartado. Um encontro mundial de ciber-ambientalistas, a ser celebrada em fevereiro em Tallinn, focará em formas de se expandir a limpeza global. Fotos, dados e mapas sobre a campanha World Cleanup 2012 estão disponíveis no site www.letsdoitworld.org.

Veja também:

As mortes sem holofotes de quem luta pelo meio ambiente no Brasil e no mundo
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade