Rio+20
 
 

Notícias » Ciência e Meio Ambiente » Ciência e Meio Ambiente

 Catadores terão espaço de discussão em evento na Rio+20
20 de abril de 2012 18h29 atualizado às 18h34

O Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) criou uma secretaria para coordenar as atividades dos catadores durante a Cúpula dos Povos, evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Cnuds), a Rio+20, que ocorrerá no Rio de Janeiro, entre os dias 15 e 23 de junho.

Um dos coordenadores do Centro de Referência do MNCR, Roberto Laureano, disse que o objetivo é criar um espaço em que a questão dos catadores no Brasil e no mundo será debatida. Serão apresentadas também novas tecnologias sustentáveis que poderão ser usadas pelos catadores. Um exemplo são carrinhos elétricos que ajudarão os trabalhadores a recolher o lixo, desenvolvidos em parceira com a Itaipu Binacional.

"A ideia é ter um espaço onde os catadores do Brasil e do mundo possam conversar, se encontrar, fazer workshops", explicou Laureano. O MNCR está em busca de apoio financeiro junto a empresas e entidades parceiras para cobrir os custos de cerca de R$ 150 mil para o aluguel de uma tenda que será montada no Aterro do Flamengo durante a Cúpula dos Povos.

Os catadores participarão da coleta seletiva e de atividades de educação ambiental na própria cúpula . Todo o material irá para as associações de catadores do município do Rio, que se encarregarão da separação do material recolhido. Atualmente, mais de 500 empresas brasileiras têm relação direta com o MNCR.

Agência Brasil