1 evento ao vivo

Tumba de 3 mil anos de chefe cervejeiro é achada no Egito

3 jan 2014
21h21
  • separator
  • comentários

Especialistas japoneses descobriram em Luxor, no sul do Egito, uma tumba de um chefe da fábrica e o armazém de estoque de cerveja dedicados à deusa Mut na época Ramsés II (séculos XIII a XI a.C.).

Tumba descoberta é de chefe cervejeiro
Tumba descoberta é de chefe cervejeiro
Foto: EFE

O ministro egípcio de Antiguidades, Mohammed Ibrahim, anunciou em comunicado o achado da tumba, de grande beleza e que mostra importantes detalhes da vida cotidiana do dono da cervejaria, identificado como Junsu-Im-Heb, e sua família.

O chefe da equipe da universidade japonesa de Waseda, Jiro Kondo, explicou que o sepulcro foi descoberto enquanto eram feitos os trabalhos de limpeza para um estudo da tumba TT-47, pertencente a um alto funcionário da época do rei Amenhotep III.

As pinturas murais mostram muitos aspectos da vida diária e da naturalidade da relação entre um marido e sua esposa e seus filhos no antigo Egito, assim como suas práticas religiosas, assinalou o ministro.

Outras gravuras mostram a admiração de diferentes pessoas antes de um ritual funerário que pertence à época faraônica e que é conhecido como "Abrir a Boca".

O teto da tumba também conta com desenhos "feitos com delicadeza" e com gravuras "de grande precisão e beleza", assim como uma pintura que representa o pôr do sol.

Ibrahim anunciou que aumentou a segurança em torno da tumba até que sejam analisadas todas suas partes e explicou que planeja exibí-la ao público no futuro.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade