Pesquisa

publicidade
25 de junho de 2009 • 12h35 • atualizado às 12h45

Suor noturno pode ser sintoma de sérios problemas de saúde

Suor noturno pode ser sintoma de sérios problemas de saúde

 

Como distinguir entre os suores noturnos que são indicativos de sérios problemas médicos e aqueles que não o são? Não existe maneira fácil de fazê-lo, para um leigo, mas é certamente possível encontrar algumas pistas, de acordo com a Dra. Shari Midoneck, especialista em medicina interna no Centro Iris Cantor de Saúde da Mulher, em Nova York.

Suores noturnos que devem ser causa de preocupação são aqueles que encharcam repetidamente os pijamas, ela afirma. E, "se existirem outros sintomas associados a eles, tais como febres, perda de peso, inchaço nos nódulos linfáticos e fatiga extrema, você pode estar enfrentando uma situação séria e deveria consultar um médico".

Já os suores noturnos que alguns de nós sentem em noites de calor são provavelmente normais para as pessoas que não apresentam qualquer outro sintoma preocupante, e também no caso de mulheres jovens em sua época de menstruação e de mulheres mais velhas no período da menopausa, de acordo com a Dra. Midoneck.

A Dra. Carla Boutin-Foster, professora no Centro Médico Presbiteriano/Weill Cornell, em Nova York, ofereceu uma definição mais estrita, dizendo que os suores noturnos só são causa de preocupação quando forem muito intensos em noites não muito quentes. Outros sintomas capazes de apontar para problemas potencialmente severos, ela diz, incluem coceira, tosse, produção de escarro, falta de fôlego, palpitações, dores no peito e diarreia.

Algumas possíveis causas de suores noturnos sérios incluem infecções agudas ou crônicas, linfomas e outros tumores, baixa presença de açúcar no sangue de pacientes de diabetes, e o uso de alguns medicamentos.

Qualquer pessoa que sofra de suores noturnos e dos demais sintomas mencionados deveria procurar um médico, disse a Dra. Boutin-Foster, especialmente os portadores de condições médicas conhecidas e crônicas.

Mesmo as pessoas assintomáticas deveriam prestar atenção aos suores e manter um registro de temperatura, medicação e alimentos, ela disse; qualquer pessoa que sofra de suores noturnos persistentes deve passar por uma avaliação clínica, aconselha a médica.

Tradução: Paulo Migliacci

The New York Times