publicidade
26 de dezembro de 2011 • 22h33

Planta carnívora que devora ratos é declarada nova espécie

 

Uma planta carnívora capaz de digerir pequenos animais - como ratos - foi declarada como uma nova espécie. A "dama de copas", como é chamada, é uma das maiores plantas carnívoras - chega a 2,5 m de altura - e foi exibida para o público pela primeira vez há sete anos, em uma feira de botânica no Reino Unido. As informações são do site do jornal britânico The Independent.

Segundo a reportagem, somente agora a planta foi oficialmente reconhecida como pertencente a uma nova espécie. A Nepethes robcantleyi tem uma estrutura em forma de jarro com cerca de 40 cm de altura e dentro dela há ácido hidroclorídrico e enzimas (composição similar ao estômago humano) capazes de digerir insetos, pequenos mamíferos e répteis que caírem dentro dela.

O doutor Martin Cheek, especialista em classificação de plantas dos Jardins Botânicos Reais, em Kew, identificou a espécie como nova após a exposição. A espécie foi descoberta por Rob Cantley, ex-policial que atuou em Hong Kong (quando a ilha pertencia ao Reino Unido) e a achou nas Filipinas.

Cantley plantou algumas sementes que germinaram. Hoje, ele vende plantas exóticas originárias da Ásia. "Nós temos ratos e muitas vezes um é pego por essas plantas. Nós temos que 'pescá-lo' para fora."

A planta nunca mais foi registrada nas Filipinas e a floresta onde ela foi achada pela primeira vez foi desmatada - o que pode significar que a espécie já está extinta na natureza.

Terra