0

EUA liberam testes com células-tronco embrionárias em humanos

30 jul 2010
21h44
atualizado às 22h03
  • separator
  • comentários

O primeiro teste mundial de células-tronco embrionárias em seres humanos foi autorizado nesta sexta-feira pelo Food and Drug Administration (FDA), órgão que fiscaliza alimentos e medicamentos nos Estados Unidos. A pesquisa pode dar uma primeira visão da segurança e eficácia dessa tecnologia, aclamada como uma grande promessa médica. As informações são do jornal americano The New York Times .

A empresa Geron Corporation, com apoio da Universidade da Califórnia, poderá dar prosseguimento ao teste preliminar em pacientes com lesão na medula. Em 2009, a companhia havia lançado inicialmente sua experiência, mas os testes com camundongos foram paralisados sete meses depois por causa de preocupações de segurança.

"Este é um marco importante para todo o campo por podermos fazer testes clínicos com células-tronco embrionárias", disse Alan Trounson, presidente da Agência de Células-Tronco da Califórnia.

As células-tronco embrionárias podem se transformar em qualquer tipo de célula no corpo, podendo substituir futuramente tecidos lesionados ou doentes no tratamento de uma ampla variedade de enfermidades. No entanto, sua utilização tem gerado polêmica por implicar na destruição de embriões humanos, embora alguns pesquisadores afirmem que agora já possam evitar isso.

Redação Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade