3 eventos ao vivo

Estudo: homens são mais distraídos no trânsito que mulhere

21 abr 2011
16h23
atualizado às 16h27

Às mulheres que se cansaram de ouvir ofensas no trânsito, a revanche: os homens são piores motoristas e duas vezes mais propensos a bater o carro por distração, de acordo com uma pesquisa da seguradora de carros Santander, divulgada no jornal Daily Mail .

O levantamento constatou que apenas 5% das pessoas do sexo feminino causaram um acidente por não prestar atenção, contra 11% das do sexo masculino. Além disso, 30% deles e 20% delas confessaram quase colidir por não ficarem alertas.

Entre os motivos de distração estão ajustar o som do carro, comer, barbear, retocar maquiagem e ler livro. Beijar o passageiro e falar ao celular também figuraram na lista. Embora 96% admitiram que escrever mensagem ao volante é um comportamento perigoso, cerca de 20% disseram ter cometido o erro.

O estudo foi feito após a constatação de que os homens têm, em média, seis vezes mais pontos em suas carteiras do que as mulheres. Mas apesar das evidências de que os o sexo masculino é mais "barbeiro" que o feminino, recentemente o Tribunal de Justiça Europeu decidiu que era injusto que eles pagassem mais pelo seguro de carro. Segundo a publicação inglesa, a partir de dezembro de 2012, o valor pago por ambos os sexos será o mesmo.

O Dia

compartilhe

publicidade
publicidade