inclusão de arquivo javascript

 
 

Inpe: desmatamento da Amazônia cai em setembro

29 de outubro de 2008 14h45 atualizado às 15h21

A Amazônia brasileira perdeu cerca de 580 km² de florestas em setembro, uma área inferior tanto à do mesmo mês de 2007, como à de agosto deste ano, segundo dados divulgados pelo Governo. A devastação mensal da maior floresta tropical do mundo é medida com base em imagens de satélite pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O organismo esclarece, no entanto, que o tamanho da área desmatada pode variar de acordo com a parcela do céu que fica encoberta na região. Segundo os dados de setembro, quando 33% da região estavam cobertos por nuvens, o desmatamento caiu 22,4% em comparação com agosto passado e 2,9% em relação a setembro de 2007.

O desmatamento da Amazônia, que no começo do ano gerou um alerta entre as autoridades ambientais por seu significativo crescimento, registrou uma forte redução entre maio e julho, meses em que tradicionalmente mais cresce devido à seca. É nesse período também que os agricultores ateiam fogo nas florestas para ampliar sua área de cultivo.

Do início do ano até setembro, a Amazônia perdeu 6.268 km² de cobertura vegetal, quase um terço do território de um país como El Salvador, e uma área 37,9% superior à destruída no mesmo período do ano passado.

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.