0

Nave Soyuz parte rumo à ISS com turista a bordo

26 mar 2009
09h10
atualizado às 13h47
  • separator

O foguete espacial Soyuz foi lançado nessa quinta-feira do cosmódromo russo de Baikonur (centro do Cazaquistão). O foguete partiu levando a bordo o americano Charles Simonyi, o primeiro turista a realizar um segundo vôo espacial, seu compatriota, o astronauta Michael Baratt, e o cosmonauta russo Guennadi Padalka.

O lançamento aconteceu às 14h49 de Moscou (8h49 de Brasília) com a ajuda de um foguete portador Soyuz FG a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão. Nove minutos depois, a nave se separou com sucesso do foguete e começou seu vôo autônomo de dois dias rumo à plataforma orbital.

Os três tripulantes da nave se encontram bem, disse um porta-voz do Centro de Controle de Vôos Espaciais (CCVE) da Rússia, citado pela agência oficial Itar-Tass. O talismã de Padalka, um boneco de neve pendurado em cima do painel de comando, "sinalizou" o começo da perda de gravidade, ao começar a flutuar.

O acoplamento da Soyuz está previsto para as 16h14 de Moscou (10h14 de Brasília) e será retransmitido ao vivo pela televisão russa, como ocorre desde setembro de 2006, quando a 14ª missão viajou para plataforma orbital com a primeira turista espacial, Anousha Ansari.

Esta viagem é principalmente destinada a substituir alguns dos atuais moradores da Estação Espacial Internacional (ISS). O regresso da Soyuz à Terra está previsto para 6 de abril.

Este vôo será o sétimo realizado por um 'turista espacial', enquanto que Simonyi entrará para a história como o primeiro indivíduo a realizar duas missões desse tipo através do pagamento de uma fortuna.

Fonte: Redação Terra
publicidade