2 eventos ao vivo

Média de temperatura em março foi maior já registrada

15 abr 2010
16h42
atualizado às 17h41

As temperaturas globais - estimuladas pelo fenômeno El Niño - alcançaram em março um nível recorde, indicou nesta quinta-feira o Instituto Oceânico e Atmosférico americano (NOAA) em um comunicado.

"Condições mais quentes que o normal dominaram a terra, especialmente no norte da África, no sul da Ásia e no Canadá", afirmou o NOAA. A temperatura média da superfície terrestre - que combina a da terra e a do mar - para março de 2010 foi a mais quente já registrada: 13,5ºC, o que equivale a 0,77°C a mais que a média do século XX, 12,7ºC, indicou a instituição.

A temperatura média dos oceanos foi a mais quente para qualquer mês de março desde o início do registro, em 1880, enquanto que a temperatura global da superfície terrestre foi a quarta maior para março, disse o NOAA, citando uma análise do National Climate Data Center.

O instituto disse ainda que o período janeiro-março foi o mais quente registrado no planeta. O NOAA destacou ainda que o fenômeno do El Niño, que se caracteriza por temperaturas maiores que o normal em águas das regiões central e oriental do Pacífico tropical, "contribuiu de forma significativa para o aquecimento no cinturão tropical e na temperatura geral dos oceanos".

Espera-se que o El Niño mantenha sua influência no hemisfério Norte "pelo menos ao longo da primavera" boreal, afirmou o NOAA.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade