PUBLICIDADE

Leões de zoológico no Chile são abatidos após jovem invadir jaula

21 mai 2016 17h47
ver comentários
Publicidade

Um zoológico no Chile sacrificou dois leões para que pudesse ser resgatado um jovem que havia invadido a jaula onde eles estavam para cometer suicídio e que ficou gravemente ferido.

A diretora do zoológico, Alejandra Montalva, explicou que o jovem forçou o teto da jaula dos leões para entrar. Dentro dela, tirou a roupa e começou a "instigar" os leões, que o atacaram.

Um funcionário atirou nos leões com uma arma de fogo para salvar a vida do jovem, que sofreu mordidas e foi levado a um hospital.

"O atirador decidiu salvar a vida da pessoa e infelizmente tivemos que sacrificar dois membros de nossa família. Estamos muito doídos e muito consternados", disse a diretora do zoológico à emissora de rádio "Bío-Bío".

A Polícia confirmou que junto com a roupa do jovem havia uma carta na qual expressava sua intenção de se suicidar.

Os dois leões abatidos nasceram no zoológico da capital chilena e tinham 22 anos.

EFE   
Publicidade
Publicidade