0

Jovem infectada por bactéria que come carne volta a falar

28 mai 2012
19h14
atualizado às 20h11

A americana Aimee Copeland, 24 anos, conseguiu respirar sozinha e falar pela primeira após semanas internada em um hospital devido ao ataque de uma bactéria que come carne. Os médicos já tiveram que amputar as mãos, uma perna e parte do abdome da paciente para salvá-la da infecção. A família diz que a jovem apenas murmurava algumas palavras durante dias, mas só agora consegue se comunicar completamente com as pessoas ao seu redor. As informações são da rede de TV CNN.

Jovem comoveu a família ao voltar a falar
Jovem comoveu a família ao voltar a falar
Foto: AP

São muitos os tipos de bactérias que causam a condição conhecida como fasciite necrosante, na qual a bactéria ataca o tecido saudável e o destrói. Uma delas, a Aeromonas hydrophila, causou a infecção em Aimee depois de entrar em seu corpo por um corte acidental.

Aimee se machucou ao cair de uma tirolesa. Ele teve o corte fechado, mas voltou ao hospital dias depois se sentindo pior, foi então internada e teve o diagnóstico. O acidente ocorreu no dia 1º de maio.

"Eu estava tão empolgado que queria levantar do banco e começar a dançar", diz Andy Copeland, pai da jovem, que recebeu a notícia de que a filha havia voltado a falar por uma mensagem de celular, enquanto estava na igreja. Ele conta nesta segunda-feira que se conteve em respeito aos outros frequentadores do local.

A família recebeu a notícia no domingo. Segundo Andy, a filha estava expressiva e com pensamentos lúcidos. Ele afirma que a memória de longo período dela estava intacta e os dois conversaram sobre música e discutiram sobre o tratamento dela no futuro. "Aimee continua a falar e contar piadas", diz o pai.

"A enfermeira bateu com a cabeça e Aimee disse 'agora minha enfermeira precisa de uma enfermeira!' Então ela piscou para nós e disse: 'eu tomo conta dela' (...) nós sabemos que vai ser uma estrada longa e difícil, mas vamos enfrentá-la juntos."

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade