França prepara plano contra epidemia causada por mosquito

13 de fevereiro de 2006 • 22h19 • atualizado às 22h19

O ministro da Saúde francês, Xavier Bertrand, anunciou nesta segunda-feira que, dentro de duas semanas, será lançado um plano de luta contra epidemia de "chikungunya", uma doença provocada por um mosquito que já afetou 70 mil habitantes da ilha de Reunião, nos territórios francês de ultramar.

Segundo ele, a enfermidade causou 25 mil novos casos em uma semana. O vírus, que provoca febre alta, erupções cutâneas e dores nas articulações, não é fatal e já afeta a 10% da população da ilha.

O mosquito chikungunya, que em suaíli significa "homem encurvado pela dor", é originário da Ásia e pode ter chegado aos Estados Unidos nos anos 70 por causa da água contida nos pneus em que eram depositados os ovos.

Em 1986, foi detectado no Brasil, em 1989, na África do Sul e, posteriormente, na França, Itália, Bélgica e Suíça.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »