Sonda descobre placa de gelo em cratera de Marte

28 de julho de 2005 • 15h48 • atualizado às 15h58
A cratera fica numa grande planície, que se estende sobre as latitudes mais setentrionais de Marte Foto: ESA/Divulgação
A cratera fica numa grande planície, que se estende sobre as latitudes mais setentrionais de Marte
28 de julho de 2005
Foto: ESA/Divulgação

Uma superfície circular de gelo foi detectada no fundo de uma cratera localizada no pólo norte de Marte, graças a um dos instrumentos da sonda européia Mars Express, em órbita ao redor do Planeta Vermelho, anunciou hoje a Agência Espacial Européia (ESA).

As imagens foram gravadas pela câmera estereoscópica HRSC, com resolução de 15 metros por pixel. A cratera fica numa grande planície, que se estende sobre as latitudes mais setentrionais de Marte. Ela mede 35 quilômetros de comprimento, com profundidade máxima de 2 quilômetros.

A placa de gelo, que é vista nitidamente nas fotos divulgadas pela ESA, está presente o ano inteiro, já que a temperatura e pressão não são suficientes para que ela passe do estado sólido para o gasoso. A distância entre o fundo da cratera e a superfície do lago circular é de 200 metros. Segundo a ESA, o gelo cobre uma grande duna.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »