Jovem é capaz de saborear literalmente a música

02 de março de 2005 • 15h01 • atualizado às 15h01

Uma jovem suíça consegue ver cores ao ouvir uma música e é capaz de experimentar gostos que variam do azedo ou amargo a sabores mais específicos como o de grama recém-aparada ou creme de leite sem gordura. O estudo, realizado por cientistas da Universidade de Zurique, chefiados por Lutz Jaencke, será publicado na edição desta quinta-feira da revista científica britânica Nature.

Neuropsicólogos da Universidade de Zurique ficaram tão intrigados com o caso da jovem E.S. - uma música profissional de 27 anos cujo nome completo é mantido em sigilo -, que decidiram treiná-la para uma pesquisa de um ano de duração. Eles concluíram que ela apresenta o caso mais extremo jamais visto de sinestesia, no qual a música estimula na jovem uma resposta em outros órgãos sensoriais.

E.S. vê cores ao ouvir uma nota. Desta forma, ela vê a cor violeta ao ouvir um fá sustenido, enquanto, ao ouvir um dó, ela visualiza a cor vermelha. Mais notável ainda é a capacidade da jovem de distinguir sabores em sua língua de acordo com a nota que ela escuta.

Um intervalo musical de segunda menor a induz a sentir acidez, enquanto o de segunda maior deixa um gosto amargo em sua boca. A terça menor é salgada e a terça maior, doce.

Outros sabores, de acordo com a nota, têm o gosto de "água pura", creme (de alto e baixo teor de gordura, dependendo da nota), sensação de "repugnância" e até de grama recém-aparada.

Para realizar um teste objetivo, os cientistas aplicaram, uma a uma soluções de sabores diferentes (ácido, amargo, salgado e doce) em sua língua e depois pediram a ela que pressionasse um botão em um teclado de computador correspondente a cada nota. Ela respondeu com exatidão e mais rápida do que cinco músicos, recrutados para o mesmo teste e sem dons sinestésicos.

Segundo os pesquisadores, a "extraordinária" sinestesia de E.S. provavelmente impulsionou sua carreira, sintonizando-a com a sonoridade apropriada.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »