Descoberto fóssil de tartaruga grávida com 75 mi de anos

11 de maio de 2009 • 17h15 • atualizado às 17h30
Fóssil é submetido à tomografia computadorizada para identificar os ovos Foto: AP
Fóssil é submetido à tomografia computadorizada para identificar os ovos
11 de maio de 2009
Foto: AP

Paleontólogos descobriram nos Estados Unidos o fóssil de uma tartaruga que morreu há 75 milhões de anos quando estava prestes a ser mãe, segundo informações divulgadas neste sábado pela agência AP. Pesquisadores da Universidade de Montana afirmaram que o fóssil é da primeira tartaruga pré-histórica grávida encontrada no país.

Pelos menos três ovos são visíveis na ossada e uma tomografia computadorizada irá auxiliar nas análises para identificar se existem mais no interior. Os cientistas acreditam que a tartaruga provavelmente estava dando à luz quando morreu e acabou sepultada por milhões de anos em uma pedra de arenito.

O fóssil foi descoberto em 2006, no Estado de Utah, em uma área de canyons que é patrimônio histórico nacional, o Grand Staircase.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »