Asteróide com cerca de 30 m passa próximo à Terra

03 de março de 2009 • 18h58 • atualizado às 19h35
Combinação de imagens mostra percurso do asteróide antes e depois de passar a uma distância consideravelmente pequena da superfície terrestre Foto: N. Teamo/Southern Stars Observatories/Planetary Society /Divulgação
Combinação de imagens mostra percurso do asteróide antes e depois de passar a uma distância consideravelmente pequena da superfície terrestre
03 de março de 2009
Foto: N. Teamo/Southern Stars Observatories/Planetary Society /Divulgação

Um asteróide com diâmetro estimado entre 21 e 47 m passou próximo da Terra nesta segunda-feira, de acordo com informações da Sociedade Planetária (Planetary Society, em inglês), ONG internacional especializada em astronomia. Segundo os pesquisadores, a aproximação do 2009 DD45 - como foi nomeado - com a superfície terrestre chegou a 70 mil km, o equivalente a um quinto da distância entre a Terra e a Lua.

Os especialistas também informaram que a distância foi de apenas o dobro da medida entre a Terra e a órbita dos satélites geoestacionários em volta do nosso planeta.

A rocha espacial foi descoberta há dois dias por um astrônomo do Observatório Spring, na Austrália, quando estava a aproximadamente 1,5 milhões de quilômetros. O asteróide passou sobre o oceano Pacífico, próximo ao Taiti, ficando visível da Austrália, Japão e China.

O tamanho do 2009 DD45 é comparável ao do objeto que colidiu com a Terra em 1908, causando a destruição de grande parte das florestas de Tunguska, na Sibéria, afirmaram os astrônomos. Para os especialistas, como o asteróide acompanha a órbita solar, que incide sobre a terrestre, é possível que uma nova "visita" ocorra nos próximos anos.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »