Novo tratamento contra tuberculose é testado com sucesso

26 de fevereiro de 2009 • 18h50 • atualizado às 19h58

Cientistas americanos usaram com sucesso um coquetel de dois remédios para matar, em laboratório, a bactéria que causa a tuberculose, afirmou um relatório sobre o estudo publicado nesta quinta-feira pela revista Science.

Os pesquisadores, do Instituto Nacional da Alergia e Doenças Infecciosas (NIAD), informaram que os medicamentos usados foram meropenem e clavulanate, com os quais conseguiram eliminar variantes do organismo Mycobacterium tuberculosis, que causa a doença.

No relatório, os cientistas disseram que os remédios já estavam sendo usados para combater outras doenças bacterianas, mas seus efeitos sobre a tuberculose não tinham sido estudados de maneira sistemática, principalmente nos casos nos quais a doença resiste a vários tipos de medicamentos.

Clifton Barry, cientista do Colégio de Medicina Albert Einstein que colaborou no estudo, disse que o próximo passo será testar os efeitos da combinação no tipo de tuberculose (XDR TB), no qual a bactéria resiste à eficácia de qualquer remédio.

Essa tuberculose resistente a medicamentos começou a causar preocupação de forma crescente às autoridades de saúde de vários países do mundo.

Calcula-se que, dos 490 mil casos de tuberculose resistente a remédios registrados no mundo, 40 mil tenham sido de XDR TB.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »