Universidade desenvolve nanotecnologia contra o câncer

26 de fevereiro de 2009 • 08h55 • atualizado às 09h04

Utilizando a nanotecnologia, pesquisadores da Universidade de Tel Aviv (Israel) desenvolveram uma terapia de combate ao câncer que é capaz de destruir apenas as células doentes do organismo, preservando as saudáveis. Isso poderá reduzir os graves efeitos colaterais provocados pela quimioterapia e melhorar sua eficiência.

A base desse tratamento são bolhas microscópicas cuja superfície contêm um agente capaz de distinguir e destruir as células cancerosas. Segundo a professora Rimona Margalit, do Departamento de Bioquímica da Universidade e responsável pela experiência, a nova tecnologia tem sido aplicada com sucesso em animais e o próximo passado será testá-la em seres humanos.

A Universidade agora está procurando laboratórios farmacêuticos interessados em investir no desenvolvimento da pesquisa.

"Em 20 anos, essa terapia poderá ser disseminada por todo o mundo" diz Rimona.

Jornal do Brasil
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »