Marte: origem de lua está próxima de ser desvendada

16 de outubro de 2008 • 19h32 • atualizado às 19h52
Cientistas tentam descobrir as origens de Fobos, maior das duas luas de Marte, que se parece com um asteróide
Cientistas tentam descobrir as origens de Fobos, maior das duas luas de Marte, que se parece com um asteróide
16 de outubro de 2008
ESA/Divulgação

A origem de Fobos, a maior das duas luas de Marte, curiosamente semelhante a um asteróide, está próxima de ser desvendada pelos cientistas espaciais europeus, informa o site do jornal espanhol El Mundo. A ESA, agência espacial européia, confirmou que a lua é mais um "montante de rochas" do que um objeto sólido após uma série de aproximações da sonda espacial Mars Express.

» Marte: detectada neve pela 1ª vez
» Minerais confirmariam presença de água
» Exibidas passagens de água em solo
» Toxina não inviabiliza vida

Fobos é uma rocha espacial sem forma determinada, com dezenas de quilômetros de diâmetro. O objetivo dos cientistas agora é identificar a procedência da formação rochosa da lua.

Por meio de imagens captadas pela Mars Express, os pesquisadores puderam reconstruir um modelo em três dimensões para determinar o volume do satélite com maior precisão. Os astrônomos calcularam a massa e o volume de Fobos que permitiram fazer estimativas sobre a densidade da pequena lua. Dados preliminares indicaram que a lua possui uma densidade de 1,85 g/cm³, uma bilionésima parte da densidade terrestre e metade desse número em relação a de Marte.

Segundo os cientistas, as baixas densidades são características de um tipo de asteróide, identificado na classe D, que também contêm cavernas subterrâneas gigantes justamente por não serem sólidos. Essa classe poderia ser a origem de Fobos, já que essas rochas maiores são formadas por pequenos pedaços unidos pela gravidade.

Outra teoria bastante discutida é a de que Fobos surgiu de Marte após a colisão de um meteorito com o planeta vermelho.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »