Nasa procura um novo Carl Seagan e vida no espaço

03 de setembro de 2008 • 20h08 • atualizado em 04 de setembro de 2008 às 13h21

Daniel Trotta

Nova Iorque


A agência espacial dos EUA criou na quarta-feira a Bolsa Carl Sagan de Pós-Doutorado em Exploração Exoplanetária. O nome homenageia o falecido astrônomo que popularizou a ciência por meio de seus livros e programas de TV.

Os bolsistas vão procurar vida em planetas fora do Sistema Solar, os chamados exoplanetas, dos quais mais de 300 foram descobertos desde 1994.

Muitos desses planetas, girando em torno de estrelas distantes, são gigantes gasosos e gelados, supostamente incapazes de abrigarem vida. O desafio é encontrar planetas como a Terra orbitando estrelas parecidas com o Sol.

A procura será auxiliada pela missão Kepler, da Nasa, a ser lançada no ano que vem com a meta de vasculhar 100 mil estrelas em busca de planetas menores.

Além disso, a agência quer atrair jovens cientistas que compartilhem do deslumbramento de Sagan com o cosmo e que como ele se dediquem, agora com tecnologias e telescópios mais avançados, a responder se estamos mesmo sozinhos.

"Muitos sentem que é só questão de tempo até encontrarmos planetas como a Terra, em órbitas como a da Terra, em torno de estrelas como o Sol, e que tais planetas poderiam ser capazes de sustentar a vida", disse Jon Morse, diretor da divisão de Astrofísica da Nasa, em entrevista coletiva.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »