O quinino realmente funciona para aliviar cãibras?

13 de agosto de 2008 • 12h48 • atualizado às 12h48

Cãibras nas pernas podem ser especialmente incômodas durante a noite, quando muitas vezes elas literalmente significam um rude despertar. Cãibras atacam repentinamente e tendem a se tornar mais comuns com a idade.

Um remédio comum para preveni-las é o quinino, o componente que produz o sabor amargo na água tônica. Mas existe um par de problemas quanto a essa abordagem.

O quinino de fato pode ajudar. Uma grande análise científica publicada pela revista médica BMI combinava dados de diversos estudos para constatar que as pessoas que sofrem de cãibra noturna regular nas pernas passaram a sofrer significativamente menos sintomas depois de usarem quinino, quando comparadas a um grupo de controle ao qual foi administrado um placebo.

Mas mesmo que o quinino sirva para prevenir cãibras nas pernas, a maioria das marcas de água tônica contém menos de 1% do volume do produto que é encontrada em uma dose terapêutica típica.

Outro problema, de acordo com os relatórios médicos sobre as experiências, é que, para algumas pessoas, o quinino pode causar reações alérgicas, febres e até a morte.

Desde 2007, a Food and Drug Administration (FDA, agência federal norte-americana que regulamenta alimentos e remédios), recomenda que o produto seja receitado apenas para a prevenção e tratamento de malária.

Melhor depender de exercícios de alongamento para flexionar as pernas antes de dormir, de acordo com a Clínica Mayo, que também recomenda beber muito líquido e comer alimentos com alto teor de potássio.

Em resumo:
Alguns estudos sugerem que o quinino pode aliviar cãibras nas pernas, mas os efeitos colaterais talvez sejam mais sérios do que os benefícios.

The New York Times
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »