Falso ponto de ônibus ajuda pacientes com Alzheimer

11 de junho de 2008 • 11h23 • atualizado às 11h23

Estabelecimentos de saúde alemães estão utilizando paradas de ônibus fantasmas como uma nova estratégia para ajudar pacientes portadores do mal de Alzheimer a não se perderem. Quem lançou a idéia foi o Centro de Idosos Benrath, em Dusseldorf, ao instalar uma réplica perfeita de parada de ônibus na rua. Os pacientes vão até a parada com esperança de voltar a suas casas, que nem existem mais muitas vezes, mas, felizmente, nenhum ônibus passa lá.

» Estudo: aspirina diminui risco de mal
» Cafeína pode ajudar contra o Alzheimer
» Beber ou fumar em excesso traz Alzheimer mais cedo
» Fórum: opine sobre o projeto alemão

A casa geriátrica tinha que contar com o trabalho da polícia para recuperar pacientes que queriam retornar a seus lares e famílias que, na maioria das vezes, nem existiam mais. Segundo o Daily Telegraph, uma organização local chamada Old Lions colaborou com o projeto, assim como a empresa que fornece as paradas de ônibus.

"Soa engraçado, mas ajuda", disse Franz-Josef Goebel, diretor da Old Lions. "Nossos membros têm em média 84 anos. Suas memórias a curto prazo quase não funcionam, mas a memória a logo prazo é ativa ainda".

"Eles conhecem a placa verde e amarela do ônibus e lembram que esperar ali significa que eles vão para casa". Assim, pacientes que poderiam sumir agora aguardam voltar para casa na falsa parada de ônibus, mas ficam lá até esquecer por que estavam parados no ponto de ônibus.

"Nós nos aproximamos e dizemos que o ônibus passará mais tarde, e os convidamos para tomar um café", disse Richard Neureither, diretor do Benrath.

"Cinco minutos depois eles esqueceram completamente que queriam sair", afirmou Neureither. A idéia fez tanto sucesso que foi reproduzida em vários lares geriátricos na Alemanha.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »