Por que é perigoso ir dormir alcoolizado?

12 de abril de 2004 • 11h20 • atualizado às 11h20
Os efeitos do álcool podem ser perigosos para quem exagera na dose Foto: Redação Terra
Os efeitos do álcool podem ser perigosos para quem exagera na dose
12 de abril de 2004
Foto: Redação Terra

Qual o perigo em uma pessoa bêbada acabar dormindo ainda alcoolizada?
Marcia

O estado de embriaguez traz vários perigos relacionados com a saúde que podem chegar a causar a morte. Fora as condições relacionadas com a intolerância do corpo ao álcool, as úlceras, ou a interação com outros medicamentos, o álcool tem efeitos sobre o corpo que o fazem especialmente perigoso em determinadas circunstâncias.

O álcool causa um aturdimento dos sentidos, diminuição da atividade cerebral e uma atenuação dos impulsos elétricos ao longo do sistema nervoso. Além disso, tem um duplo efeito sobre o sistema circulatório muito perigoso: é inicialmente vasodilatador, o que faz com que a pessoa que ingere o álcool tenha calor devido à maior irrigação sanguínea, para depois converter-se em vasoconstritor, o que pode causar desde problemas coronários até casos de hipotermia, que é a resposta à pergunta inicial.

Quando uma pessoa dorme, a atividade do corpo diminui, as batidas do coração diminuem e geramos menos calor. Se a pessoa que ingeriu álcool se encontra num ambiente frio, a queda de sua temperatura corporal unido ao efeito vasoconstrictor e refrigerante do álcool, pode fazer com que morra por hipotermia.

O álcool ainda faz com que o corpo não reaja ao frio com o típico tremor e bater de dentes de dentes, proporcionando uma maior queda da temperatura corporal. Assim, se uma pessoa embriagada está em um ambiente frio, precisa tenta manter-se ativa para que a queda da temperatura corporal seja menor, o que será impedido dependendo do nível de álccol.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »