Casamentos felizes fazem bem para a pressão arterial, diz estudo

20 de março de 2008 • 16h17 • atualizado às 21h46

Os casamentos felizes fazem bem até para a pressão arterial, segundo um novo estudo científico publicado hoje e que indica também que um casamento com problemas pode ser pior para a saúde do que as agruras da vida de solteiro.

» Parceiro se torna irritante com tempo
» Estudo: casamento faz bem para saúde
» Estudo: casamento piora saúde de mulher

As afirmações fazem parte de um estudo elaborado pela professora Julianne Holt-Lunstad, da Universidade Bringham Young, em Utah (Estados Unidos), e publicado pela revista Annals of Behavioral Medicine.

O estudo indica que os casados, tanto homens como mulheres, têm uma média de quatro pontos de pressão a menos que adultos solteiros. Aponta também que a pressão sanguínea entre os que estão muito bem casados cai mais durante a noite que no caso dos solteiros.

Isso é importante, já que está comprovado que as pessoas cuja pressão arterial permanece alta durante a noite têm mais possibilidades de sofrer acidentes cardiovasculares.

No entanto, o estudo indica que os casados que têm problemas em suas uniões têm uma média de tensão mais elevada que as dos solteiros, algo que é uma novidade, já que estudos anteriores indicaram que estar casado era sempre melhor para a pressão arterial que ser solteiro.

O estudo analisou 204 pessoas casadas e 99 solteiros adultos. Os participantes levaram dispositivos para medir a pressão arterial dia e noite e responderam a questionários sobre sua vida e seu estado civil.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »