Túmulo micênico é descoberto no oeste da Grécia

05 de março de 2008 • 14h03 • atualizado às 16h23
O túmulo, com cerca de 3 mil anos, continha várias sepulturas e objetos como fragmentos de vasos de argila e materiais diversos
O túmulo, com cerca de 3 mil anos, continha várias sepulturas e objetos como fragmentos de vasos de argila e materiais diversos
05 de março de 2008
AP

Um túmulo da época micênica (1580-1100 a.C.) que foi descoberto por acaso durante obras na ilha de Leucate, na Grécia, causou surpresa por jamais ter existido vestígios dessa civilização no oeste do país, anunciou hoje o ministério da Cultura.

» Ossada de 50 esqueletos é achada
» Restos fenícios são descobertos
» Descoberta reúne Zeus e Hera

O túmulo, com cerca de 3 mil anos, continha várias sepulturas e objetos como fragmentos de vasos de argila e materiais diversos. Nenhum vestígio micênico havia sido encontrado nesta ilha até agora, e "a descoberta do túmulo traz uma nova dimensão à pesquisa", disse o ministério em comunicado.

Segundo o órgão, "esta é uma importante descoberta pré-histórica sobre o oeste da Grécia porque traz uma nova localização para o mapa micênico". Nenhum indício da civilização jamais tinha sido encontrado na região, o que faz a descoberta dar uma nova dimensão para o estudo sobre o período.

O túmulo foi descoberto por acaso, durante obras de ampliação de uma estrada em Agio Nikita. Ele foi visitado por uma equipe de arqueólogos gregos de Leucate.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »