Cientistas decobrem medidas perfeitas de cubo

05 de dezembro de 2003 • 13h15 • atualizado às 13h15

Pense em um cubo cujos lados sejam constituídos por cinco células (pequenos cubos): se você colocar nas faces desse pequenos cubos todos os números inteiros de 1 a 125 de uma maneira que, somando os números das linhas, das colunas, das pilhas de poliedros e das quatro grandes diagonais se obtenha sempre o mesmo valor, você construiu um cubo mágico.

Se, além disso, as somas das pequenas diagonais dos quadrados paralelos às faces do cubo também forem iguais a esse número, você tem um cubo mágico perfeito.

Este cubo mágico perfeito de ordem cinco, que há várias décadas era objeto de sonho de vários especialistas, foi construído pela primeira vez, anunciaram em conjunto o professor de matemática alemão Walter Trump e o engenheiro de computação francês Christian Boyer.

Os fãs de curiosidades matemáticas conhecem os quadrados mágicos - quadrados nos quais podem ser colocados todos os números de 1 a n de maneira que as somas das n linhas, n colunas e n diagonais sejam todas iguais. O objeto já era conhecido na antigüidade: o menor quadrado mágico (de ordem três) foi criado pelos chineses a mais de 2.000 anos antes de Cristo.

Os cubos mágicos foram descobertos nos últimos anos. Nos últimos meses, foram criados quadrados mágicos de ordem sete, oito, nove e mais, mas, curiosamente, nenhum de ordem inferior a sete", declarou Christian Boyer.

Porém, nos últimos dois meses tudo mudou: em setembro, Walter Trump construiu o primeiro cubo mágico perfeito de ordem seis, antes de obter, em novembro, ao lado do engenheiro francês, o primeiro cubo mágico perfeito de ordem cinco.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »