Quênia: encontrada maior cobra naja do mundo

07 de dezembro de 2007 • 17h04 • atualizado às 17h40
A espécie, batizada de Naja Ashei, pode chegar até 2,7 m e possui veneno suficiente para matar 15 humanos adultos Foto: Reuters
A espécie, batizada de Naja Ashei, pode chegar até 2,7 m e possui veneno suficiente para matar 15 humanos adultos
07 de dezembro de 2007
Foto: Reuters

A WildlifeDirect, ONG que cuida da preservação de répteis, anunciou nesta sexta-feira ter encontrado uma das maiores serpentes venenosas do mundo, segundo informações da agência Reuters. A espécie, batizada de naja ashei, foi descoberta no Quênia e possui veneno suficiente para matar até 15 humanos adultos.

» Irmãos encontram cobra de duas cabeças
» EUA: cobras fazem "teste de gravidez"

A serpente, que pode chegar até 2,7 m de comprimento e produzir cerca de 6,2 ml de veneno, seria a maior da espécie, segundo a ONG. Seu bote é semelhante ao de outras najas, que cospem o veneno para se defender dos predadores a uma distância de até dois metros.

A nova espécie recebeu o nome de naja ashei em homenagem a James Ashe, fundador de um centro de preservação de serpentes no Quênia, onde a cobra foi encontrada.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »