Após meteorito, doença misteriosa afeta peruanos

18 de setembro de 2007 • 09h08 • atualizado às 09h49
Meteorito caiu na região de Puno, próxima à fronteira com a Bolívia
Meteorito caiu na região de Puno, próxima à fronteira com a Bolívia
17 de setembro de 2007
EFE

Os moradores da localidade peruana de Puno, localizada a cerca de 1.300 km ao sul de Lima, estão sofrendo de uma misteriosa doença depois que um meteorito caiu na região, abrindo uma cratera de 30 m de diâmetro, informaram autoridades regionais.

» Meteorito cai e abre cratera no Peru

Segundo o responsável pelo departamento de saúde de Puno, Jorge Lopez, desde o incidente, ocorrido pouco antes da meia-noite do último sábado, as pessoas estão reclamando de dores de cabeça e de vômitos causados por um "cheiro estranho".

Os sete policiais que foram checar a cratera também estão doentes e tiveram de receber oxigênio antes de serem hospitalizados, de acordo com Lopez. Equipes de especialistas foram enviadas ao local da cratera, que tem cerca de 6 m de profundidade.

"Bolhas de água fervente começaram a sair do buraco e partículas de rocha e cinzas foram encontradas nas proximidades. Os moradores estão preocupados", disse uma autoridade da região.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »