Papagaio-celebridade morre aos 31 anos nos EUA

11 de setembro de 2007 • 18h56 • atualizado às 19h36
Alex, um papagaio africano cinza, morreu na última semana aos 31 anos Foto: Divulgação
Alex, um papagaio africano cinza, morreu na última semana aos 31 anos
11 de setembro de 2007
Foto: Divulgação

O papagaio Alex, que ganhou fama pelos EUA por sua capacidade de comunicação, morreu na última semana, aos 31 anos, segundo informou sua proprietária nesta terça ao The New York Times. O papagaio morreu no último dia 7 de setembro, em sua gaiola, aparentemente de causas naturais.

» Veja mais fotos

A psicóloga americana Irene Pepperberg, proprietária de Alex, um papagaio africano cinza, informou que ele falava mais de 100 palavras em inglês e participava regularmente de programas de televisão, além de ter sido objeto de vários estudos científicos, artigos e reportagens.

Ele também podia identificar cerca de 50 objetos e sete cores. "A ave tinha a capacidade intelectual de uma criança de 5 anos", afirmou sua proprietária.

Segundo Pepperberg, Alex também aprendeu os conceitos de "maior", "menor", de "igualdade" e de "ausência". Nestes trabalhos, houve um avanço nas pesquisas sobre a capacidade dos animais de aprenderem a linguagem humana.

No dia 6 de setembro, que antecedeu sua morte, quando Alex foi colocado em sua gaiola, após mais um período de trabalho, sua proprietária contou que ele disse: "Seja boa, vejo você amanhã. Eu te amo".

Algumas espécies de papagaios, como a de Alex, e outras como Amazonas e Ara, podem viver até 60 anos ou mais.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »