Pequeno dinossauro foi bípede mais rápido do mundo

22 de agosto de 2007 • 05h32 • atualizado às 07h39

Um dinossauro do tamanho de um gato que viveu há 150 milhões de anos foi o animal mais rápido sobre duas patas que existiu, segundo um novo estudo publicado pela revista Proceedings of the Royal Society.

O animal, semelhante a um lagarto, foi batizado como compsognato (Compsognathus longipes). Ele pesava três quilos e podia cobrir cem metros em pouco mais de seis segundos, velocidade que envergonharia os modernos atletas olímpicos.

A sua velocidade máxima era próxima a 64 km/h, segundo simulações feitas em computador. Era mais rápido que o avestruz, o mais veloz de todos os bípedes de hoje.

Segundo a simulação, a velocidade máxima de um avestruz de 65 kg é de 55,4 km/h, muito superior à de qualquer humano, mas inferior à do compsognato. O pequeno animal superaria em velocidade todos os outros dinossauros conhecidos, inclusive o velociraptor, segundo um modelo de biomecânica desenvolvido pela Universidade de Manchester (Reino Unido).

O especialista em biomecânica Bill Sellers e o paleontólogo Philip Manning usaram um computador de grande capacidade para reconstruir as velocidades de outros quatro dinossauros: velociraptor, tiranossauro, dilofossauro e alossauro.

O computador utilizou os detalhes da anatomia de cada um desses animais, de pesos que variavam de 3 kg (no caso do compsognato) a 6 t (tiranossauro), para determinar a biomecânica ideal de cada um.

O sucesso do filme O Parque dos Dinossauros reforçou as perguntas sobre a velocidade dos grandes lagartos. Alguns cientistas inclusive duvidam que o maior deles, o tiranossauro, pudesse correr. Mas os dois pesquisadores britânicos respondem que ele chegaria a cerca de 29 km/h.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »