Israel: sarcófagos podem conter tumba de Jesus

24 de fevereiro de 2007 • 13h30 • atualizado em 26 de fevereiro de 2007 às 11h19

Dois sarcófagos descobertos em 1980 no norte de Jerusalém foram enviados aos Estados Unidos, onde, na próxima segunda-feira, serão expostos ao público para a apresentação do documentário televisivo "A tumba de Jesus", antecipou hoje o jornal Yediot Ahronot.

» Cientistas explicam milagre de Cristo
» Estudo diz que Jesus andou sobre o gelo

O documentário foi realizado por James Cameron, mesmo diretor de Titanic, e Simcha Jacobovici, durante as investigações de três anos que envolveram especialistas de diversas áreas.

Segundo a agência Ansa, os autores afirmam ter localizado a gruta da sepultura de Jesus e familiares nas proximidades de Jerusalém. Jacobovici afirma ter tido acesso em 2005 à cripta em questão, localizada hoje em baixo de um condomínio israelense. No meio do caso se encontra um sarcófago com a legenda "Santiago filho de José, irmão de Jesus" ("Yaakov Bar Yosef Ahi Yeshu", em hebraico).

Frente à expectativa internacional, a peça foi estudada por especialistas israelenses, que chegaram à conclusão, em 2003, de que o sarcófago parecia efetivamente datar do primeiro século d.C. No entanto, a inscrição parecia duvidosa, pelo conteúdo, a caligrafia e o revestimento que o cobria.

O jornal Yediot Ahronot escreveu que os autores do documentário estão convencidos de poder provar de maneira definitiva que a "tumba de Jesus" foi localizada.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »