Canadense pode ser o único homem vivo sem pulso

14 de dezembro de 2006 • 16h31 • atualizado às 16h50

Um canadense de 65 anos é apontado como o único homem vivo sem pulso, que depois de ter sofrido uma falência teve colocado em seu peito uma nova bomba silenciosa para manter o sangue circulando no corpo. A informação foi passada na noite de quarta-feira por fontes médicas.

O homem, morador de Quebec, submeteu-se a uma cirurgia em 23 de novembro, depois de sofrer uma severa insuficiência cardíaca causada por um ataque do coração meses atrás, informou Ian Popple, um porta-voz do Centro Cardíaco da Universidade McGill, em Montreal.

Segundo os médicos, devido a outras condições médicas, o paciente foi considerado um candidato não adequado para um transplante. Por isso, um coração artificial foi implantado como último recurso, como parte de uma série de testes clínicos realizados na América do Norte para o produto.

No entanto, uma "característica interessante" do implante é que ele fornece um fluxo contínuo de sangue, e por isso o paciente não tem pulso, explicou Popple. O cirurgião Renzo Cecere disse a jornalistas que seu paciente é "o único indivíduo vivendo no Canadá sem pulso e sem pressão sangüínea mensurável".

Um porta-voz da fabricante do coração artificial, a Thoratec, disse nunca ter ouvido uma ocorrência similar dos cerca de 400 pacientes que receberam os implantes, que tem o tamanho aproximado a uma bateria de lanterna, na Europa e nos Estados Unidos. "Todos que receberam um destes (implantes) têm algum nível de contração cardíaca", disse.

"É um conceito um tanto estranho porque se alguma coisa acontecer com ele, um acidente de carro ou algo parecido, ele ficará deitado no chão, respirando, mas sem pulso", comentou Popple. "Eu acho que ele pode ter ficado um pouco incomodado por não ter pulso, mas está bem vivo", acrescentou.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »