Mexicano que pesa 500 kg quer ser operado

03 de maio de 2006 • 09h22 • atualizado às 16h12
Manuel Uribe está preso a uma cama há cinco anos Foto: Reuters
Manuel Uribe está preso a uma cama há cinco anos
03 de maio de 2006
Foto: Reuters

Um mexicano de 550 quilos, prossivelmente o homem mais gordo do mundo, alimenta a esperança de viajar para a Itália e realizar uma cirurgia para perder peso. Manuel Uribe, preso a uma cama há cinco anos, não consegue se levantar sozinho e precisará de um vôo especial para levá-lo de Monterrey, no México, para Modena, na Itália, onde uma equipe de cirurgiões ofereceu realizar a operação gratuitamente.

» Saiba mais sobre cirurgia contra obesidade

"Não consigo andar. Não consigo sair da cama", afirmou Uribe, 40 anos, que pesa o mesmo que cinco filhotes de elefante. As declarações foram dadas em uma entrevista concedida para a agência Reuters.

"Estou tentando reduzir meu peso um pouco neste momento para estar em condições de ser operado".

No começo deste ano, Uribe fez um apelo emocionado em canais mexicanos de TV, afirmando que pesou cerca de 130 quilos até os 22 anos de idade e que ignorava o que havia acontecido desde então.

O apelo chamou a atenção do médico Giancarlo De Bernardinis, que visitou o México com uma equipe a fim de examinar Uribe, em março.

Bernardinis, cujo paciente mais gordo até agora pesava 350 quilos, disse que pretende realizar uma operação de ponte intestinal, permitindo que o alimento passe mais rapidamente pelo organismo de Uribe, sem que tantas calorias sejam absorvidas.

O médico quer realizar a cirurgia em Mondena já no começo deste mês, apesar de uma autoridade da área de saúde do México ter duvidado que Uribe esteja pronto para viajar para a Europa nesse prazo.

Mistério
O caso de Uribe deixa os médicos intrigados, já que os níveis de colesterol e de açúcar no sangue dele são normais, apesar da obesidade mórbida.

"O coração dele funciona bastante bem. Ele possui algumas dificuldades respiratórias devido à obesidade, mas, de modo geral, ele está bem", afirmou Marco Aníbal Rodriguez Vargas, diretor hospitalar no Estado mexicano de Nuevo Leon.

Segundo Rodriguez Vargas, os hospitais mexicanos ainda esperavam tratar de Uribe, apesar da escolha pelo local da cirurgia ser do paciente. O mexicano afirmou que pretende viajar para a Itália.

"Se nós vamos? A resposta é sim. Vamos. Mas os médicos precisam decidir quando", disse.

A cirurgia demoraria de quatro a cinco horas e Uribe teria de permanecer na Itália por cerca de um mês. "Ele sempre será mais pesado que a média, mas certamente não tão pesado como hoje. Ficaríamos satisfeitos se ele tiver algo em torno de 150 quilos daqui a dois anos", disse Bernardinis.

Há anos ninguém consegue encontrar uma balança adequada para Uribe e as estimativas sobre o peso dele são realizadas parcialmente por meio de medições de volume. O Guiness World Records de 2006 disse conhecer apenas uma pessoa viva com cerca de 508 quilos.

O recorde para o homem mais pesado da história é de Jon Brower Minnoch, que morreu em Seattle em 1983 depois de chegar a 635 quilos. Minnoch estava na casa dos 40 anos de idade.

Uribe espera evitar esse destino. A mulher dele, aterrorizada com o tamanho cada vez maior do marido, dizia temer o pior e o abandonou mais de uma década atrás.

"Ela me deixou porque deve ter pensado que eu estava morrendo", disse Uribe. "Graças a Deus, ainda estou vivo e tenho esperança de conseguir enfrentar esse problema."

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »