Teste prevê até que idade mulher pode ter filhos

25 de janeiro de 2006 • 12h05 • atualizado às 12h05

Especialistas em fertilidade da Universidade de Sheffield, na Inglaterra, desenvolveram um teste que prevê quanto tempo de fertilidade as mulheres ainda têm pela frente. O teste mede o número de óvulos nos ovários femininos e indica qual deve ser o nível dele dentro de dois anos.

Espera-se que o exame ajude as mulheres a decidir por quanto tempo elas podem adiar a decisão de ter um filho. O teste Plan Ahead (Planeje com Antencedência, em tradução literal) vai custar 179 libras (cerca de R$ 719) e só estará disponível nos serviços de saúde privados.

Planos
O especialista em fertilidade Bill Ledger, que desenvolveu o kit para o exame nos últimos cinco anos, disse que está confiante de que o teste é uma previsão exata da fertilidade, e que ele espera que permita às mulheres planejar melhor seu futuro.

"Se ter uma família é a coisa mais importante, é melhor você começar a tentar ter filhos na faixa dos 20 anos, não há dúvidas de que quanto mais você adia, maior a chance de decepção", disse ele. "Mas acredito que a realidade da vida moderna é que as mulheres ocidentais, por todos os tipos de razão, estão adiando o início de uma família até chegarem à casa dos 30."

Segundo o professor, "há mais pesquisas em andamento, mas esta é boa o suficiente para fazer o que diz que faz: dar às pessoas um alerta de dois anos de que a reserva ovariana delas está em declínio". Alguns críticos expressaram dúvidas em relação ao exame, afirmando que a infertilidade pode ter diversas ¿ e complexas ¿ causas.

Amostra de sangue
O exame mede o nível de três hormônios relacionados à fertilidade no sangue e compara os resultados com a fertilidade, em média, de mulheres da mesma idade.

No terceiro dia da menstruação, a mulher entrega uma amostra de 3 ml de sangue para que seja medida a presença dos hormônios Inibina B e AMH, que entram em declínio com a menopausa, e o hormônio pituitário FSH (folículo estimulante), que tende a aumentar com a aproximação da menopausa. Segundo os cientistas, a combinação dos três indica a "reserva fértil" das mulheres.

O resultado é então comparado com um gráfico mostrando a média de fertilidade das mulheres da mesma idade. Sabe-se que a fertilidade diminui nas mulheres a partir dos 35 anos de idade, mas a de algumas mulheres diminui ainda mais cedo.

Uma em cada cem mulheres inicia a menopausa aos 40 anos de idade, mas a fertilidade começa a diminuir vários anos antes. Clare Brown, a executiva chefe de uma rede de infertilidade na Grã-Bretanha, disse que o exame é uma boa forma de permitir que as mulheres tomem uma decisão mais bem informadas.

Entretanto, ela acrescentou que "é importante lembrar que apesar de ser um exame de valor, há outros fatores que podem causar dificuldades na hora da concepção, então, é vital que homens e mulheres tenham certeza de que estão bem informados quando tomarem decisões sobre quando iniciar uma família".

BBC Brasil - BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »