Criação de "pílula da libido" unissex está próxima

19 de maio de 2008 • 12h10 • atualizado às 12h11

Especialistas em reprodução da cidade de Edimburgo disseram terem decifrado o segredo do apetite sexual e estarem em estado avançado de pesquisa para a criação de uma "pílula da libido" capaz de estimular o desejo em homens e mulheres. Um produto, segundo disseram, que levará ao fim do Viagra. As informações são da agência Ansa.

» Grupo busca pílula que aumenta libido
» Viagra completa 10 anos de mercado
» Garoto de 2 anos é tratado com Viagra
» Fórum: opine sobre a pílula da libido

Segundo escreveu o jornal inglês Daily Mail, este remédio "milagroso" poderá mudar a vida de milhões de pessoas, visto que tem também a capacidade de aumentar a fertilidade e favorecer a perda de peso.

A perda de libido atinge mais de um terço das mulheres e um em cada seis homens. Esta situação tem se agravado devido à vida estressante de muitos homens.

A pílula usa um hormônio que libera a gonadotrofina tipo 2, que regula o sistema reprodutivo em homens e animais. Testes nesses últimos obtiveram sucesso e os pesquisadores da Unidade de Ciências Reprodutivas Humanas do Conselho para Pesquisa Médica de Edimburgo dizem terem iniciado o trabalho para a criação de um medicamento equivalente para seres humanos.

Robert Millar, diretor da equipe, disse que inicialmente se pensava que o produto funcionasse apenas nas mulheres, mas agora estão convencidos de que é eficaz também em homens.

Experimentos com injeções em fêmeas de ratos e pequenos macacos mostraram como esses animais adotaram imediatamente após a administração do medicamento o comportamento que precede o acasalamento. Entre os efeitos colaterais observados, houve a diminuição do apetite, com uma queda 30% no consumo de comida.

Inicialmente, o remédio da libido será ministrado em forma de injeção, no entanto, espera-se desenvolver em breve também uma pílula. "Esta irá cancelar completamente a necessidade do Viagra. O Viagra não produz desejo, leva apenas a ereção aos homens", disse Millar. "Esta pílula irá criar excitação e irá produzir também o desejo, para homens e para mulheres. Fizemos grandes progressos, e esta é uma coisa entusiasmaste, pois a estimulação da libido significaria muito para muitas pessoas", completou.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »